França

Abertura da caverna da Ponte do Arco

caverna2

A caverna oferece belas representações de animais nas paredes – Foto: Divulgação/Atout France

Primeiro vieram nossos ancestrais… A representação de animais nas paredes só vieram mais tarde. Desenhos incríveis de mamutes, bisontes, ursos e leões misturados com impressões de mãos humanas. Bem vindo à Caverna da Ponte do Arco, uma réplica da Caverna Chauvet, que irá abrir para o público na primavera de 2015.

A decorada caverna da Ponte do Arco, conhecida como “Caverna Chauvet”, foi descoberta em 1994 e é reconhecida como um dos maiores testemunhos de origens humanas iniciais. Para celebrar esse lugar único, um projeto cultural, científico e tecnológico foi implementado no ambiente do Pequeno Vale da Ponte do Arco.

Criando uma réplica idêntica da maior obra-prima da humanidade, se tornou um projeto imenso, reservado apenas para os melhores artistas de réplica. Escultores e pintores, sob supervisão de cientistas, recriaram cada característica geológica e artística da decoração da Caverna da Ponte do Arco. Resultado: um espaço de 30 mil metros quadrados e mais de 80 mil metros quadrados de paredes e tetos decorados, criados com ajuda da tecnologia 3D.

Desde o momento que a caverna abrir, no sábado, 25 deste mês, o turista será cercado pelo mesmo ambiente que o lugar original. Mesmo o ar frio, a umidade, o cheiro e a escuridão serão perfeitamente reproduzidos por criadores de perfumes. O visitante terá a mesma experiência olfativa que as primeiras pessoas que descobriram as cavernas.

Pronto para a sua visita? Isso pode ser assustadoramente real. Cada passo te levará para mais perto dos 425 animais perigosos, o painel monumental de 36 leões, perseguindo aproximadamente 100 mamutes, bisontes e rinocerontes. Essa reprodução, uma comparação à obra de arte Paleolítica, ilustra a primeira criação artística do homem, datando 30 mil anos. Isso imortaliza este período de tempo estético específico – o desenho mais antigo, sombreado, perspectiva, e técnicas de movimento já descobertos.

Uma vez que o visitante terminou a tour da caverna (aproximadamente 55 minutos), no meio das estalagmites e estalactites,  terá a chance de explorar dois espaços de exibição. O primeiro espaço destaca as técnicas de artes diárias utilizadas pelos Aurignacianos. Displays interativos permitem uma descoberta das origens da nossa civilização e celebra a maior caverna replicada do mundo.

A segunda exibição é um bastidor da construção da caverna, uma arquitetura que merece o título de maior caverna replicada e decorada já criada. O lugar, construído nas colinas do Pequeno Vale da Ponte do Arco, fica a 2 quilômetros de distância da caverna original e perfeitamente integrada com a área circundante. É em forma de uma pegada de urso… um aceno para o animal que uma vez hibernou ali.

Acesso

De carro – Do Norte pelas vias A7 e A49 saída 18, e do Sul pelas vias A7 ou A9 saída 19. Pegue a N7 e D4 para o pequeno vale da Ponte do Arco. Fica a 2h30 de Lyon, Marselha e Montpellier e a 1h30 de Avignon, Nimes e Valencia. Estacionamento gratuito para carros, ônibus e campistas.

De trem – Estação Valencia TGV ou Estação Montelimar. Depois, pegue o ônibus Rhône-Alpes 76 até o pequeno vale da Ponte do Arco.

De avião – Marselha-Provence ou Aeroporto Saint-Exupéry de Lyon

Endereço – Caverna da Ponte do Arco – Plateau du Razal Vallon-Pont-d’Arc – 07150